É hora de mudar?

“Toda mudança gera transformação, seja ela superficial ou profunda, planejada ou inesperada.”

Quando escolhemos mudar, aceitamos o desafio de sair de uma área de conforto que será proporcional à extensão da renovação pretendida e a dimensão dada às ideias e conceitos que nos paralisam. Essa experiência pode ser desafiante e prazerosa, ou então, dolorosa e agressiva, dependendo do nosso preparo interno e grau de lucidez.

Para ampliar a compreensão daquilo que nos motiva a dar os primeiros passos, o autoconhecimento é um elemento essencial para minimizar os riscos de atitudes impulsivas, emocionais ou irracionais e, por outro lado, atenuar o medo que tolhe a ação e prestigia a inércia.

Investir no desenvolvimento interno é a mais valorosa ferramenta para assumirmos o timão da nossa vida, ao invés de deixarmos nossa embarcação à deriva, à vontade dos acontecimentos externos e das outras pessoas que seguem seus sonhos e aspirações.

Já a oportunidade é um tanto impiedosa. Expressa por Kairos na mitologia grega – um dos filhos de Chronos representado com uma trança na testa e careca na nuca – essa figura nos adverte que a oportunidade só pode ser agarrada quando está vindo, pois, depois que passou, não temos mais como detê-la.

Assim, é preciso que estejamos atentos para uma melhor percepção das oportunidades e confiantes para agir quando impelidos por uma certeza interna. É fundamental confiar naquilo que plantamos para termos a oportunidade de colher os respectivos frutos e, para tanto, o comportamento ético traz à tona uma libertadora confiança.A ética é o alicerce para qualquer mudança sustentável. Não há de se pensar em uma vida proveitosa sem a construção do caráter, requisito essencial para a estabilidade, sucesso e satisfação duradouras.

PREPARE A HORA DE MUDAR

1. Interiorizar princípios e instituir hábitos são maneiras de construir o caráter;

2. A ética é a base para uma mudança profunda no indivíduo;

3. O processo de aprimoramento deve ser constante, diário, metabolizável como a própria natureza;

4. Não há como enganar a lei natural e universal de causa e efeito, não há atalhos, nem artifícios; a mudança só é consistente se for de dentro para fora;

5. Aprenda a reconhecer seus erros e acertos e também a valorizar as qualidades e virtudes das outras pessoas;

6. A integridade do indivíduo, a autoconfiança e a força do caráter são provenientes da ética;

7. Evite confundir ética com moral; a primeira é mais interna, profunda e atemporal;

8. Criados os alicerces, ouse, arrisque, agarre as oportunidades e invista em seus sonhos pois a vida é transitória.

Por Fernanda Monteforte

Carregar mais postagens